Participe do maior congresso brasileiro de Medicina Veterinária Pet.

Participe do maior congresso brasileiro de Medicina Veterinária Pet.

Dias
Horas
Minutos
Segundos

Por que eu devo participar da

41º CBA MACEIÓ?

Vai receber informações profissionais de grandes nomes da medicina veterinária para ampliar suas estratégias durante seus atendimentos, assim como, opções inovadoras em sua carreira.
Vai ter acesso ao que existe de mais atual em termos de conhecimentos técnico-científicos no Brasil e no exterior.
Vai ter oportunidade de fazer um networking fundamental para seu crescimento profissional com os grandes Experts da medicina veterinária.
Vai encurtar sua curva de aprendizagem e alcançar resultados mais rápidos e em menos tempo.
Vai se diferenciar profissionalmente acumulando conhecimento e a experiência de participar e aprender no maior congresso de medicina veterinária do Brasil.
Vai entender como ser estratégico para melhorar a qualidade assistencial e segurança do paciente sob seus cuidados.

Como funciona o

CBA Maceió?

Um evento tradicional e consolidado dentro da medicina veterinária em todo o nosso pais. Com a ilustre participação dos melhores conferencistas do mundo palestrando em nosso CBA.
Nosso congresso fomenta discussões sobre diversas áreas de atuação que envolve a medicina de pequenos animais, desde a parte clínico-cirúrgica, especialidades, à área, business, gestão, finanças, empreendedorismo, inteligência emocional.

Como funciona o

CBA Maceió?

Um evento tradicional e consolidado dentro da medicina veterinária em todo o nosso pais. Com a ilustre participação dos melhores conferencistas do mundo palestrando em nosso CBA.
Nosso congresso fomenta discussões sobre diversas áreas de atuação que envolve a medicina de pequenos animais, desde a parte clínico-cirúrgica, especialidades, à área, business, gestão, finanças, empreendedorismo, inteligência emocional.

Programação Científica

Palestrantes Confirmados

Nossos conferencistas nacionais e internacionais, referências em suas áreas de atuação.
Confira nossa programação oficial clique em uma das opções abaixo.

Navegue entre as imagens dos palestrantes:

Depoimentos de quem já participou das últimas edições do CBA

Programação científica

Inscrições

Confira abaixo nossa tabela de valores e faça sua inscrição agora mesmo.

Estudante Graduação Associado

Inscreva-se por:

R$660,00

Até 24 de Maio de 2022

Estudante Graduação Não Associado

Inscreva-se por:

R$780,00

Até 24 de Maio de 2022

Profissional Associado

Inscreva-se por:

R$765,00

Até 24 de Maio de 2022

Profissional Não Associado

Inscreva-se por:

R$1.005,00

Até 24 de Maio de 2022

Profissional Acima dos 60 anos

Inscreva-se por:

R$350,00

Até 24 de Maio de 2022

eventos paralelos

Previous
Next

Um paraíso chamado:

Maceió

Considerada como o paraíso das águas. Águas que refletem história, cultura e uma gastronomia de sabores especiais.

Capital eleita com a orla urbana mais bonita do Brasil, dispõem de uma excelente infraestrutura para eventos com uma moderna rede hoteleira, uma gastronomia que envolve os mais nobres frutos do mar que vai seduzir seu paladar.

Nossas belíssimas praias de águas calmas, mornas, cristalinas nos presenteiam com inúmeras piscinas naturais, são um convite para relaxar e desfrutar de atividades ao ar livre.

Do litoral ao sertão, Alagoas contempla a vida, a liberdade, a alegria que encantam todos a visita. Você é nosso convidado a vivenciar essa experiência.

CENTRO DE CONVENÇÕES DE MACEIÓ

Ao Centro cultural e de Exposições Ruth Cardoso oferece uma estrutura climatizada e moderna, atendendo ao conforto e segurança dos participantes.

Com ótima localização situado no bairro histórico de Jaraguá, a apenas 10 minutos do centro da cidade e a 5 minutos da orla, onde se concentra a maioria dos hotéis e comércio.

Previous
Next

Qual é o investimento para você ter acesso a tudo isso?

Não há como negar todo poder de transformação que estamos disponibilizando aqui. Estamos oferecendo algo inédito e completo. E só conseguimos essa grandiosidade porque todos os palestrantes confirmados quiseram fazer algo mais por você e pelo nosso mercado.

Foi justamente por essa razão que nós buscamos por torná-lo o máximo acessível: nós não queremos que nenhum profissional ou acadêmico interessado em melhorar seus resultados e os resultados do seu negócio fique de fora dessa oportunidade por motivos financeiros.

Então o valor do investimento é flexível de acordo com seu perfil:

Obs: Inscritos no 41º CBA 2022 tem acesso livre a EXPOANCLIVEPA. Aos demais profissionais da área que tiverem interesse em ir a EXPOANCLIVEPA, poderá adquirir seu acesso com desconto. (50,00 dia e pct dos 3 dias 100,00)

DÚVIDAS FREQUENTES

Esse Congresso foi feito para médicos veterinários e estudantes de medicina veterinária que desejam se atualizar e aplicar os conhecimentos obtidos através dos maiores experts do mercado, melhorando seus resultados e alavancando suas carreiras.

Se você não investir no 41º CBA MACEIÓ, você perderá a oportunidade de aprender as técnicas mais atuais com os maiores experts do mercado pet por um valor extremamente acessível.
Sim, todos os congressistas do 41º CBA MACEIÓ tem certificado de participação garantido.

Anestesiologia

Para os congressistas que buscam na anestesia a utilização em diversas circunstâncias, a sedação para procedimentos de diagnóstico por imagem como raio-x e ultrassom, assim como procedimentos ambulatoriais como punção de medula óssea, protocolos de controle de dor, anestesia inalatória, intravenosa e locorregional para todos os tipos de cirurgia, com monitoramento dos parâmetros fisiológicos como pressão arterial, ritmo cardíaco, temperatura e outras funções vitais, tanto no trans-operatório quanto no pós-operatório imediato.

Denise Fantoni

TEMA 1: Manejo da coagulopatia no trauma.? TEMA 2: Anestesia no paciente cardiopata: novas perspectivas. – Sala Ipioca

Ricardo Vilani

TEMA 1: Anestesia intravenosa total além do propofol? TEMA 2: Ventilação mecânica durante a anestesia de cães. – Sala Ponta Verde

Carolina Lira

TEMA: Controle da dor em pequenos animais. – Sala Ipioca

Animais Silvestres

Você que optou pela Área de Animais Selvagens, se prepare para embarcar em um mundo complexo, fascinante, repleto de novidades.

No CBA você aprofundará seus conhecimentos nas áreas de:

  • Cirurgias em répteis.
  • Ortopedia em aves e répteis.
  • Prótese 3D em Animais Silvestres.
  • Odontologia em Pets não convencionais.

E tem muito mais para você, venha, desfrute deste mundo selvagem!

Marcelo Alievi

TEMA 1: Cirurgias em répteis. TEMA 2: Tratamento de fraturas em aves. TEMA 3: Casos ortopédicos em animais silvestres. – Sala Pitanga

Roberto Fecchio

TEMA 1: Prótese 3D em medicina veterinária.? TEMA 2: Ortopedia de casco em Jabuti.? TEMA 3: Odontologia em pets não convencionais. – Sala Pitanga

Arena Inovapet

Aprenda a aplicar as técnicas de gestão que potencializam seus resultados. Ser um bom profissional não é sinônimo de sucesso. Num mercado cada vez mais concorrido, habilidades ligadas à gestão, Coaching, aos negócios e marketing tornam-se essenciais.

Kaleizu Rosa

TEMA 1- O modo como trabalhamos não está funcionando. TEMA 2- Persistência ou teimosia: você sabe reconhecer? – Arena Inovavet

Ricardo Vilani

TEMA 1: Ferramentas para uma comunicação bem sucedida no âmbito pessoal e profissional. TEMA 2: Gerenciamento de carreira: Como se posicionar no mercado profissional?? – Arena Inovavet

Sérgio Lobato

TEMA 1: Gestão técnica como base para o sucesso, como assim?? TEMA 2: Comunicação Veterinária, por que erramos tanto?- Arena Inovave

Suelena Morais

TEMA 1: Como a decoração de sua clínica pode te ajudar na conquista dos seus clientes. TEMA 2: Sua fachada ou a decoração da sua clínica podem estar afastando os clientes de você? – Arena Inovavet

Marco Antonio Gioso

TEMA 1: Estou cansado: atender na clínica ou fazer gestão?? TEMA 2: O que significa exatamente “sistematizar” uma clínica para melhor desempenho. – Arena Inovavet

Adriana Teixeira

TEMA 1: Atendimento a clientes. TEMA 2: Na linha dos clientes difíceis. – Arena Inovavet

Alex Adeodato

TEMA: Business: A importância de planejar estrategicamente seu negócio – Arena Inovavet

Anaemilia Diniz

TEMA 1: Dá pra ser rico sendo Médico Veterinário? TEMA 2: Os segredos de uma realização financeira na nossa profissão – Arena Inovavet

Isabela Barros

TEMA: Segredos dos Médicos Veterinários de sucesso – Arena Inovavet

José Ricardo Carvalho

TEMA: Segredos dos Médicos Veterinários de sucesso – Arena Inovavet

Felipe Bastos

TEMA: Segredos dos Médicos Veterinários de sucesso – Arena Inovavet

Eduardo Achôa

TEMA: Gestão financeira e estratégica, o segredo para o sucesso da sua clínica – Arena Inovavet

Cibele Figueira

TEMA: Segredos dos Médicos Veterinários de sucesso. -Arena Inovavet

Guilherme Corsi

TEMAS: A definir – Arena Inovavet

Cardiologia

É um dos campos de atuação da medicina veterinária que mais vem se desenvolvendo ao longo dos últimos anos. É também uma das mais requisitadas áreas durante as consultas. Isso porque quase 11% dos animais possuem alguma doença cardiovascular. A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Ricardo Vilani

TEMA: Doenças sistêmicas x cardiopatia primária – como diferenciar? – Sala Tamarindo

Kaleizu Rosa

TEMA: Considerações sobre o uso de diurético na Síndrome Cardiorrenal. – Sala Tamarindo

Charlys Rhands

TEMA 1: Cardiopatias em felinos: além da Hipertrófica TEMA 2: Strain Cardíaco e medicina veterinária, realidade ou ilusão? – Sala Tamarindo

Carlos Mucha

TEMA 1: Fibrilação atrial. FF – frequente e frustrante TEMA 2: Como fazer para que o proprietário cumpra o tratamento? Emocional ou racional? TEMA 3: Síncope cardiogênico – Sala Tamarindo
TEMAS: Diretrizes para identificação, avaliação e manejo da Hipertensão Sistêmica em cães e gatos. – Sala Tamarindo

Karine Kleine

TEMA: Entendendo a Síndrome Cardiorrenal – Sala Ipioca

Denise Fantoni

TEMA: Anestesia no paciente cardiopata: novas perspectivas – Sala Ipioca

Cardiologia / Videocirurgia

O treinamento do profissional na área cirúrgica permite um maior espaço no mercado de trabalho, as cirurgias em pequenos animais muitas vezes são procedimentos necessários, porém por desconhecimento técnico por parte dos profissionais envolvidos podem levar a complicação do quadro, e dessa forma ao insucesso do caso. A realização de diferentes procedimentos cirúrgicos é condição fundamental para o sucesso deste profissional no mercado de trabalho. A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados

André Lacerda

TEMA 1: Cirurgias endócrinas: da adrenal à hipófise. TEMA 2: Cirurgia gastrointestinal: o que há de novo? – Sala Jatiúca

Eric Monnet

TEMA 1: Respiratory surgery (Cirurgia do sistema respiratório). TEMA 2: Minimally invasive surgery (Cirurgias minimamente invasivas)?. TEMA 3: Thoracic surgery (Cirurgias torácicas). – Auditório Virgínio Loureiro

Jussara Peters

TEMA 1: Ureterotomia microcirúrgica em felinos TEMA 2: Cirurgia renal – Sala Pitanga

Fernando Wiecheteck

TEMA : Aplicações da minilaparoscopia em pequenos animais Sala Pitanga

Carlos Barón

TEMA: Manejo quirurgico de heridas graves en extremidades en caninos – Auditório Virgínio Loureiro

Fausto Brandão

TEMA : Abordagem minimamente invasiva: embolização de shunts intra e extra-hepáticos. – Sala Pajuçara

Andrigo Nardi

TEMA 1: Tumores em costela: preciso remover 2, 3, 4, 5 ou 6 costelas, como reconstruo a parede torácica? TEMA 2: Cinco técnicas de reconstrução cutânea que salvam a sua “pele” no dia a dia!? – Sala Jatiúca

Guilherme Monteiro

TEMA: Cirurgia de emergência: desafiando o tempo e salvando vidas. – Sala Jatiúca

Jorge Castro

TEMA 1: Planejamento 3D na reconstrução cirúrgica em neoplasmas em face de cães e gatos. TEMA 2: Abordagem cirúrgica e suas complicações são desafios nas neoplasias hepáticas em cães. TEMA 3: Linfadenectomia no tratamento do câncer é preciso realizar?- Sala Jatiúca

Franz Yoshitoshi

TEMA 1: Abordagem endoscopica ao corpo estranho do trato alimentar em pequenos animais. TEMA 2: O stent funciona em animais com colapso traqueal? – Sala Pitanga

Mariana Ramos

TEMA: Cirurgia oral e maxilofacial? – Sala Tamarindo

Carlos Barón

TEMA: Manejo quirurgico de heridas graves en extremidades en caninos – Auditório Virgínio Loureiro

Jesús Paredes

TEMA: Diagnóstico y tratamiento de la parálisis laríngea Neoplasias de la pared torácica – Auditório Virgínio Loureiro

Marcelo Alievi

TEMA: Cirurgias em répteis – Sala Pitanga

Nuno Paixão

TEMA 1: Cirurgia de contenção de danos: aplicações na prática diária TEMA 2: Trauma craniano e craniotomia de urgência – Auditório Virgínio Loureiro
TEMA: Enucleação x exenteração: Você sabe quando optar? – Sala Siriguela

Clínica Médica

A Clínica Médica requer amor e dedicação, o profissional desse setor atua especificamente no atendimento clínico de cães e gatos, podendo ainda, possuir uma especialização em dermatologia, oftalmologia, oncologia, cardiologia, odontologia, nefrologia, entre outros.

Karin D. Botteon

TEMA: Vacinas e vacinação: o que o clínico precisa saber? – Sala Mangaba

Coaching

O Coaching é um treinamento profissional que ajuda o médico veterinário a produzir resultados extraordinários em sua vida, seja na carreira, empresa ou organização, a prática leva esse profissional a diminuir a distância entre onde está agora e onde busca chegar.

Kaleizu Rosa

TEMA 1: O modo como trabalhamos não está funcionando TEMA 2: Persistência ou teimosia: você sabe reconhecer? – Arena Inovavet

Anaemilia Diniz

TEMA: Dá pra ser rico sendo Médico Veterinário? Os segredos de uma realização financeira na nossa profissão. – Arena Inovavet

Cibele Figueira

TEMA: Segredos dos Médicos Veterinários de sucesso. – Arena Inovavet

Isabela Barros

TEMA: Segredos dos Médicos Veterinários de sucesso – Arena Inovavet

José Ricardo Carvalho

TEMA: Segredos dos Médicos Veterinários de sucesso. – Arena Inovavet

Felipe Bastos

TEMA: Segredos dos Médicos Veterinários de sucesso. – Arena Inovavet

Comportamento Animal

A Medicina Veterinária Comportamental é ramo científico e especialidade médico-veterinária que requer do profissional mente e coração, ao mesmo tempo em que o conduz a oportunidade única de conhecer, vivenciar e intervir, de maneira ímpar, num dos mais fantásticos elos presentes em nosso planeta: a relação complexa, multifacetada, benéfica porém por vezes deletéria, e cada vez mais próxima entre seres humanos e animais.

Fonte: psicovet.com.br

Daniela Ramos

TEMA 1: Comportamento canino: fobia de barulhos em cães: prepare a força-tarefa. TEMA 2: Comportamento felino: manejo clínico felino e internação de baixo estresse. – Sala Ponta Verde

Carlos Gabriel

TEMA: À definir. – Sala Ponta Verde

Demartologia

De forma objetiva, a temática sobre dermatologia em cães e gatos, abordando os aspectos relacionados ao desenvolvimento destas enfermidades e os cuidados necessários para o diagnostico e tratamento do paciente. O tema apresenta alta importância já que a dermatologia veterinária é uma área das mais relevantes na clínica veterinária, demandando uma atualização constante pelos clínicos.


A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Sérgio Daltro

TEMAS: Medicina veterinária regenerativa: terapia celular na dermatite atópica. – Sala Ipioca

Luciano Marra

TEMA 1: As lesões de pele podem falar? Podem nos ajudar? TEMA 2: Alopecias não inflamatórias!! Quais são? Como diferenciar e tratar!!! TEMA 3: Pênfigo foliáceo em cães e gatos!! Como diagnosticar e tratar!!! – Sala Ipioca

Marconi Farias

TEMA 1: Testes alérgicos, dietas restritivas e controle do prurido crônico em cães com alergia alimentar. TEMA 2: Esporotricose e saúde coletiva: estratégias de controle de uma epidemia anunciada. – Sala Ipioca

Romeika Reis

TEMA 1: Dermatite atópica o que mudou em um ano? TEMA 2: Os desafios no dia a dia, casos clínicos. – Sala Ipioca TEMA 3: Otites: o que é fundamental que eu saiba? – Teatro Gustavo Leite

Ronaldo Lucas

TEMA 1: Dicas para o tratamento de cães alérgicos, como eu faço? – TEMA 2: Otites médias: baquiocefálicos x dolicocefalicos e masaticefalicos, como abordar? – Teatro Gustavo Leite TEMA 3: Abordagem clínica do prurido em felinos – Sala Ipioca

Carol Haddad

TEMA: Tratamento de dermatopatias com medicina tradicional chinesa. – Sala Mangaba

Diagnóstico por Imagem

No caso do diagnóstico por imagens, a alta resolução das imagens proporciona resultados detalhados e não invasivos da estrutura interna dos pacientes. Para o melhor aproveitamento da realização e interpretação dos exames, é preciso haver um bom entendimento para reconhecer o alcance e limites das diferentes modalidades de imagens.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Ernesto Bruzzone

TEMA: A definir – Sala Pitanga

Franz Yoshitoshi

TEMA 1: Abordagem endoscopica ao corpo estranho do trato alimentar em pequenos animais. TEMA 2: O stent funciona em animais com colapso traqueal? – Sala Pitanga

Cibele Figueira

TEMA 1: Interpretação clínica do relatório ultrasonográfico: terminologia e semiologia do exame ultrasonográfico abdominal. TEMA 2: O que o clínico precisa saber para reconhecer a qualidade do exame ultrassonográfico. – Sala Siriguela

Alex Adeodato

TEMA: 5 diagnósticos que só a RM é capaz de te dar. – Sala Siriguela
TEMA 1: Pegadinhas e armadilhas na avaliação das radiografias torácicas. TEMA 2: O que importa para o clínico no exame radiográfico? – Sala Pitanga

Salvador Urtado

TEMA 1: O exame radiográfico nas afecções pulmonares dos felinos. TEMA 2: Doenças ortopédicas de felinos – Sala Pitanga
TEMA: Como o usg ocular pode ajudar na clínica médica? – Sala Siriguela

Direito Veterinário

Segundo o Código de Ética Veterinária criado em dezembro de 2016, por meio da Resolução 1138, o Veterinário deve manter condutas profissional e idônea. É ai que o direito Veterinário atua, orientando o médico veterinário a respeito de seus direitos e deveres ao exercer sua profissão e nas práticas do dia-a-dia.

Renata Arruda

TEMAS: “Vou te processar!” – Realidade ou ameaça vazia? Consequências jurídicas do Prontuário Médico Veterinário – Sala Umbu

Doenças Infecciosas

Responsáveis por um alto número de animais atendidos em hospitais e clínicas veterinárias. A atuação do profissional médico veterinário tem papel fundamental no enfrentamento destas doenças, a evitar o adoecimento animal e, consequentemente humano e óbito de ambos.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Paulo Tabanez

TEMA 1: O que há de novo na cinomose ? TEMA 2: O que o clínico precisa saber sobre imunologia – Erliquiose Canina – Sala Pajuçara

Fábio Nogueira

TEMA 1: Terapia da Leishmaniose – o que há de novo ? TEMA 2: Glomerulopatias na Leishmaniose Visceral – como podemos prevenir? – Sala Pajuçara

Vitor Ribeiro

TEMA 1: Saúde Única e leishmaniose visceral canina – do discurso a prática TEMA 2: Febre Maculosa – surtos urbanos e medidas de controle – Sala Pajuçara

Otávio Pedro

TEMA: Cinomose: qual o segredo para não perdermos tantos pacientes? – Sala Ponta Verde

Mitika Hagiwara

TEMA 1: Trombocitopenia, erliquiose e doxiciclina. O trio que não sai da cabeça. TEMA 2: Porque a prevalência da leucemia viral felina permanece alta no Brasil? Sala Umbu

Marconi Farias

TEMA: Esporotricose e saúde coletiva: estratégias de controle de uma epidemia anunciada. – Sala Ipioca

Alexandre Daniel

TEMA: Novos insights no diagnóstico e manejo terapêutico da peritonite infecciosa dos felinos. – Teatro Gustavo Leite
TEMA: Micoplasmas hemotrópicos em gatos – estou conseguindo fazer o diagnóstico? – Teatro Gustavo Leite

Karin D. Botteon

TEMA: Hemoparasitoses em gatos, além das hemoplasmoses: há algo de novo? – Sala Mangaba

Emergência & Intensivismo

Para os que desejam se atualizar em situações ou problemas que põem a sobrevivência do paciente em risco, ou seja, doenças súbitas ou traumas, ou que podem gerar incapacidade permanente grave e que necessitam de ser abordados num intervalo curto de tempo, geralmente em poucos minutos.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Rodrigo Rabelo

TEMAS 1: 2021, o caos chegou e os antibióticos não funcionam mais: Você sabe o que fazer? TEMA 2: O avião caiu? Vamos abrir a Caixa Preta de nossas maiores tragédias. TEMA 3: Você diagnostica um gato com sepse? – Auditório Virgínio Loureiro

Nuno Paixão

TEMA 1: Recover: reanimação cardiopulmonar TEMA 2: Cirurgia de contenção de danos: aplicações na prática diária TEMA 3: Trauma craniano e craniotomia de urgência – Auditório Virgínio Loureiro

Guilherme Monteiro

TEMA 1: Suporte respiratório na emergência em cães e gatos. TEMA 2: Cirurgia de emergência: desafiando o tempo e salvando vidas. – Sala Jatiúca

Ludmila Moroz

TEMA 1: Interpretação de gasometria TEMA 2: Quando transfundir? Existe um melhor momento? – Sala Siriguela

Keylla Pacífico

TEMA: Protocolo de reanimação neonatal (entrega vaginal e/ou cesariana). – Sala Mangaba

Ernesto Bruzzone

TEMA: A definir – Sala Jatiúca

Denise Fantoni

TEMA: Manejo da coagulopatia no trauma – Sala Ipioca

Endocrinologia

A cada dia tem aumentado o número de problemas endócrinos diagnosticados nos nossos pacientes, como por exemplo: diabetes mellitus, hiperadrenocorticismo, hipoadrenocorticismo, hipotireoidismo, hipertiroidismo, entre outras. Quanto mais cedo o diagnóstico é realizado, maiores as chances de sucesso com o tratamento.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Álan Pöppl

TEMA 1: Tratamento médico do hiperadrenocorticismo: além da trilostanomania TEMA 2: Por que não consigo controlar meu paciente diabético? – Sala Ponta Verde TEMA 3: Desafios diagnósticos e terapêuticos no hipotireoidismo canino. – Sala Pajuçara

André Lacerda

TEMA: Cirurgias endócrinas: da adrenal à hipófise. – Sala Jatiúca

Marcia Jericó

TEMA 1: Diabetes mellitus: insulinoterapia e monitorização. TEMA 2: Síndrome Metabólica em animais domésticos. – Sala Jatiúca

Finanças Veterinarias

A boa gestão das finanças no setor veterinário, garante a sobrevivência e lucratividade do seu empreendimento. Entender uma pouco mais deste assunto é crucial para o médico veterinário.

Eduardo Achôa

TEMA: Um novo Brasil, como ficam seus investimentos. – Sala Umbu

Gastroenterologia

As alterações do sistema digestório são comuns na clínica médica de animais de companhia. Os sinais clínicos ligados ao sistema gastrointestinal não devem ser subestimados, já que podem indicar tanto doenças primárias gastrointestinais quanto secundárias a sistemas de extrema importância como o renal ou endócrino. O desafio do clínico que se depara com um paciente que apresenta dor e/ou disfunção do sistema gastrointestinal é determinar quando o problema representa ou não uma emergência. Com um diagnóstico prematuro e a terapia adequada, diversas alterações agudas ou crônicas podem ser eliminadas ou controladas, garantindo mais qualidade de vida.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Fausto Brandão

TEMA 1: Abordagem minimamente invasiva: embolização de shunts intra e extra-hepáticos. TEMA 2: Abordagem e tratamento endoluminal avançado de carcinoma transicional canino. – Sala Pajuçara

Paulo Renato

TEMA 1: Esofagites e estenose esofágica – Sala Pajuçara TEMA 2: Colites em cães TEMA 3: Gastrite ou hipomotilidade gastrointestinal – Sala Jatiúca

André Lacerda

TEMA: Cirurgia gastrointestinal: o que há de novo? – SALA: Jatiúca
TEMA 1: Dicas no controle da constipação crônica em gatos. TEMA 2:Diarreia crônica no gato senil – um desafio diagnóstico e terapêutico – Teatro Gustavo Leite

Jorge Castro

TEMA: Abordagem cirúrgica e suas complicações são desafios nas neoplasias hepáticas em cães. – Sala Jatiúca

Geriatria

Tecnicamente o envelhecimento é um processo de diminuição orgânica e funcional, não decorrente de doença, e que acontece inevitavelmente com o passar do tempo. Considera-se o envelhecimento como um fenômeno natural, mas que geralmente apresenta fragilidade e vulnerabilidade, devido à influência dos agravos a saúde e do estilo de vida.

Fonte: SBGV

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

TEMA: Envelhecer com dignidade: avaliando a qualidade de vida – Teatro Gustavo Leite

Marcella Sanches

TEMA: Fisiatria na geriatria veterinária – Sala Mangaba

Tarcísio Barreto

TEMAS: Longevidade saudável pet: surge uma nova especialidade! – Sala Mangaba

Gestão

A área da saúde muda o tempo todo. A cada dia, são novas tecnologias, métodos e processos. E os executivos do setor de saúde também precisam se atualizar e estar por dentro das novidades desse setor, desenvolvendo uma visão estratégica cada vez mais alinhada à realidade de suas atividades.

Alex Adeodato

TEMA: Business: A importância de planejar estrategicamente seu negócio – Arena Inovavet

Sérgio Lobato

TEMA: Gestão Técnica como base para o sucesso, como assim? – Arena Inovavet

Adriana Teixeira

TEMA 1: Atendimento a clientes TEMA 2: Na linha dos clientes difíceis – Arena Inovavet

Marco Antonio Gioso

TEMA 1: Estou cansado: atender na clínica ou fazer gestão?? TEMA 2: O que significa exatamente “sistematizar” uma clínica para melhor desempenho. – Arena Inovavet

Eduardo Uchôa

TEMA: Gestão financeira e estratégica, o segredo para o sucesso da sua clínica – SALA: Arena Inovave

Marketing Digital

O serviço de marketing comumente é confundido com publicidade e venda, porém principalmente quando aplicado na área da saúde, é preciso seguir diretrizes do CFMV para uma concorrência leal. Principalmente quando este atua por meio de ações de comunicação usando-se da internet, da telefonia celular e outros meios digitais como é o caso do Marketing digital.

Guilherme Corsi

TEMAS: A definir – Arena Inovavet

Medicina de Desastres & Medicina Legal

Atualmente, com a grande procura pela área jurídica levantamos a relevância dos conhecimentos médico-legais que se coadunam, por meio dos conhecimentos científicos.

Laiza Bonela

TEMA 1: Medicina de Desastres: atuação do médico veterinário em desastres em massa. TEMA 2: Medicina Legal: aplicação e importância da medicina legal. – Sala Umbu

Bárbara Fonseca

TEMA: Perícia Criminal: a medicina veterinária legal aplicada ao bem-estar animal. – Sala Umbu

Medicina Felina

A medicina felina é uma área dedicada à clínica de gatos e surgiu pela necessidade específica que esses animais possuem dentro da medicina veterinária, através dela os felinos podem receber tratamentos, medicações e doses especificas.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Carlos Gabriel

TEMA 1: Os gatos sinalizam suas dores, estresse e doenças: você sabe reconhecer? TEMA 2: Atualização psicofarmacológica para o manejo emocional do gato. – Teatro Gustavo Leite

Heloisa Justen

TEMA 1: Principais intoxicações em gatos. TEMA 2: Padrão ouro de atendimento ao paciente felino dentro das diretrizes internacionais. – Teatro Gustavo Leite

Alexandre Daniel

TEMA 1: Fisiopatogenia e manejo do gato com rinite crônica. TEMA 2: Novos insights no diagnóstico e manejo terapêutico da peritonite infecciosa dos felinos. – Teatro Gustavo Leite
TEMA 1: Dicas no controle da constipação crônica em gatos. TEMA 2: Diarreia crônica no gato senil – um desafio diagnóstico e terapêutico. TEMA 3: Micoplasmas hemotrópicos em gatos – estou conseguindo fazer o diagnóstico? – Teatro Gustavo Leite

Jussara Peters

TEMA: Ureterotomia microcirúrgica em felinos? – Sala Pitanga

Salvador Urtado

TEMA 1: O exame radiográfico nas afecções pulmonares dos felinos. – Sala Pitanga TEMA 2: Doenças ortopédicas de felinos” – Sala Siriguela

Mitika Hagiwara

TEMA: Porque a prevalência da leucemia viral felina permanece alta no Brasil? – Sala Umbu

Charlys Rhands

TEMA: Cardiopatias em Felinos: além da Hipertrófica. – Sala Tamarindo

Daniela Ramos

TEMA: Comportamento Felino: manejo clínico felino e internação de baixo estresse. – Sala Ponta Verde

Rodrigo Rabelo

TEMA: Você diagnostica um gato com sepse? – Auditório Virgínio Loureiro

Renata Sobral

TEMA: Abordagem diagnóstica e terapêutica em tumores mamários em gatas – Sala Jatiúca

Karin D. Botteon

TEMA: Hemoparasitoses em gatos, além das hemoplasmoses: há algo de novo? – Sala Mangaba

Ronaldo Lucas

TEMA: Abordagem clínica do prurido em felinos – Sala Ipioca

Denis Prata

TEMA: Gatos não são cães pequenos, manejo ortopédico em gatos. -Sala Ipioca

Medicina Integrativa

Os avanços da medicina veterinária foram muitos ao longo dos últimos anos, ajudando a salvar a vida de pets que, há pouco tempo, não teriam tantas chances de cura. No entanto, as terapias integrativas e complementares tem sido procuradas como forma de tratamento e/ou adjuvante ao tratamento convencional. Reequilíbrio energético, qualidade de vida e bem-estar são alguns dos benefícios obtidos com as técnicas da Acupuntura, Homeopatia, Ozonioterapia, Florais, Células Tronco, que tem se destacado nesse quesito. A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Rafael Traldi

TEMA 1: Ozonioterapia no tratamento de casos graves.? TEMA 2: Desvendando a Termografia em medicina veterinária. – Sala Mangaba

Marcella Sanches

TEMA 1: Exercícios físicos em animais paralíticos: andar medular ou retorno à marcha normal. TEMA 2: Fisiatria na geriatria veterinária. – Sala Mangaba

Carol Haddad

TEMA 1: Tratamento das tetraparesias flácidas com acupuntura. TEMA 2: Tratamento de dermatopatias com medicina tradicional chinesa. – Sala Mangaba

Tarcísio Barreto

TEMA 1: Longevidade saudável pet: surge uma nova especialidade! – Sala Mangaba TEMA 2: Atual cenário da maconha medicinal para animal de estimação. – Sala Ponta Verde

Jean Joaquim

TEMA 1: Células tronco em reabilitação animal. O que há de novo! TEMA 2: Reabilitação em medicina veterinária: das agulhas de acupuntura a LASER terapia! – Sala Mangaba

Sérgio Daltro

TEMAS: Medicina veterinária regenerativa: terapia celular na dermatite atópica – Sala Ipioca

Nefrologia

Vamos destacar casos mais recorrentes na nossa rotina com a doença renal crônica, doença renal aguda, cálculos renais, cálculos em ureter, cálculos em bexiga, cálculos em uretra, quadro de cistites, incontinência urinária, alterações anatômicas e as neoplasias de sistema urinário. Felinos com mais de 10 anos devem passar por avaliações, pois 50% deles podem ter indícios da doença renal crônica. Ela também é observada em cães, mas em uma menor incidência.

As afecções envolvendo o sistema urinário, quando diagnosticadas precocemente, apresentam ótimos resultados em seu tratamento.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Karine Kleine

TEMA 1: Mitos e verdades sobre hemodiálise e diálise peritoneal. TEMA 2: Entendendo a Síndrome cardiorrenal. Sala Ipioca

Márcia Notomi

TEMA: Marcadores precoces de lesão renal: realidade ou ficção?- Sala Ipioca
TEMA: Interpretando afecções do trato urinário (discussão de casos). – Sala Siriguela

Luciano Giovaninni

TEMA 1: Tratamento Multissistêmico – Doença Renal Crônica. TEMA 2: ITU – Infecção de trato urinário com bacteriuria assintomática: novas diretrizes. – Sala Siriguela

Fábio Nogueira

TEMA: Glomerulopatias na Leishmaniose Visceral – como podemos prevenir? – Sala Pajuçara

Kaleizu Rosa

TEMA: Considerações sobre o uso de diurético na Síndrome Cardiorrenal. – Sala Tamarindo

Jussara Peters

TEMA: Ureterotomia microcirúrgica em felinos?cirurgia renal. – Sala Pitanga

Márcio Brunetto

TEMA: Fatores nutricionais e laboratoriais associados ao aumento da sobrevida de cães e gatos com DRC – Sala Pitanga

Neonatologia & Obstetrícia

O nascimento é caracterizado por um processo de transição dramático, em que o indivíduo enfrenta o estresse do parto, passando por um período de asfixia que pode ser prolongado em caso de distocias. Além disso o neonato deve adaptar-se rapidamente ao meio extra-uterino, tendo o envolvimento de todos os seus órgãos e sistemas nesse processo. Em um curto intervalo de tempo, o neonato tem que assumir o controle de suas trocas gasosas, eliminar seus próprios excrementos, controlar sua temperatura e seu fluxo sanguíneo, e ainda procurar por alimentação.

Giovana Anderlini

TEMAS 1: Causas não Infecciosas de mortalidade neonatal. – Sala Mangaba TEMA 2: Distocias em cadelas e gatas: diagnóstico e intervenção. -Sala Tamarindo

Keylla Pacífico

TEMAS 1: Manejo neonatal, o que o clínico precisa saber? TEMA 2: Protocolo de reanimação neonatal (entrega vaginal e/ou cesariana). – Sala Mangaba

Neurologia

Atualize-se sobre as as pesquisas e exames mais modernos em Neurologia Veterinária tendo acesso a toda uma abordagem anatômica médica e clínica que irá aprimorar muito seu entendimento e potencializar sua eficiência em diagnósticos e tratamentos.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Otávio Pedro

TEMA 1: Erros e acertos na abordagem do paciente com protrusão/ extrusão do disco intervertebral. TEMA 2: Cinomose: qual o segredo para não perdermos tantos pacientes? – Sala Ponta Verde

Mônica Vicky

TEMA 1: Parece mas não é. Achados de exames que enganam em neurologia?. TEMA 2: Neoplasias Vertebromedulares em cães e gatos – Sala Ponta Verde

Richard Filgueira

TEMA 1: Central ou periférico? Reconhecendo a síndrome vestibular?. TEMA 2: Como abordar a enfermidade do disco intervertebral? Diferenças entre aguda e crônica – Sala Ponta Verde

Ronaldo Casimiro

TEMA 1: Regras de ouro no diagnóstico e tratamento da epilepsia canina. TEMA 2: Novidades no diagnóstico e tratamento da doença do disco intervertebral. TEMA 3: Cachorro enceradeira! Venha entender como abordar e tratar esses casos – Teatro Gustavo Leite

Carol Haddad

TEMA: Tratamento das tetraparesias flácidas com acupuntura – Sala Mangaba

Marcella Sanches

TEMA: Exercícios Físicos em animais paralíticos: andar medular ou retorno à marcha normal. – Sala Mangaba

Nutrição

Muitas pessoas criam os seus animais oferecendo alimento caseiro, porém isso pode apresentar vários inconvenientes como doenças nutricionais ocasionadas por carência ou excesso de nutrientes, excesso de gordura e consequentemente o sobrepeso, excesso de sal que sobrecarrega a função renal, excesso de carboidratos e de proteínas.

Márcio Brunetto

TEMA 1: Fatores nutricionais e laboratoriais associados ao aumento da sobrevida de cães e gatos com DRC TEMA 2: Riscos associados aos alimentos veganos para cães e gatos. – Sala Pitanga

Yves Miceli

TEMA: O que devo saber antes de prescrever um alimento? – Sala Pitanga

Manuela Fischer

TEMAS: A definir – Sala Tamarindo

Odontologia

Para quem busca atualizações nos tratamentos para doenças orais aos seus pacientes, tendo conhecimento das principais afecções em cavidade oral de animais de pequenos porte, técnica operatória e conhecimento em materiais dentários, bem estar e qualidade de vida animal. A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Mariana Ramos

TEMAS: Cirurgia oral e maxilofacial?arrancar ou extrair dentes? – Sala Tamarindo

Marcello Roza

TEMA 1: O que fazer com dentes fraturados? – Sala Mangaba TEMA 2: Manejo das fraturas de mandíbula. – Sala Tamarindo

Marco Antonio Gioso

TEMA 1: Odontologia sem anestesia. Existe?? TEMA 2: Alguns casos de iatrogenia na boca. – Sala Mangaba

Roberto Fecchio

TEMA: Odontologia em pets não convencionais. – Sala Pitanga

Oftamologia

O paciente portador de oftalmopatias necessita de uma intervenção rápida e correta com objetivo de diminuir a dor, impedir automutilação, controlar a pressão intraocular, combater as infecções e preservar a visão.

Denise Fantoni

TEMA 1: Manejo da coagulopatia no trauma.? TEMA 2: Anestesia no paciente cardiopata: novas perspectivas. – Sala Ipioca

Adriana Teixeira

TEMA: Olho seco em cães – Sala Siriguela

Thiago Pedroza

TEMA: Você sabe atender um paciente com doença ocular? – Sala Siriguela
TEMA 1: Como o usg ocular pode ajudar na clínica médica? TEMA 2: Enucleação x exenteração: Você sabe quando optar? – Sala Siriguela

Oncologia

Dentro da oncologia veterinária existem duas formas principais de tratamento o curativo e o paliativo. O primeiro consiste na realização da cirurgia para retirar o tumor e tratamentos alternativos como a quimioterapia, eletroquimioterapia e a radioterapia. Além disso, existe outra maneira de tratamento conhecida como crioterapia. Trata-se da utilização do frio extremo como forma de terapia.

O paliativo é uma abordagem para tratamento crônico da doença, ou seja, para tumores que já se encontram em um estágio mais avançado. Neste tipo de tratamento não há possibilidade de cura. Então, apenas são aplicados cuidados com animal para aliviar seu sofrimento.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Simona Sanchez

TEMA: Cuidados paliativos com o paciente oncológico terminal – Sala Jatiúca

Andrigo Nardi

TEMA 1: Tumor de mamas em cadelas e gatas: como melhorar o prognóstico dos nossos pacientes? TEMA 2: Tumores em costela: preciso remover 2, 3, 4, 5 ou 6 costelas, como reconstruo a parede torácica? TEMA 3: Cinco técnicas de reconstrução cutânea que salvam a sua “pele” no dia a dia!? – Sala Jatiúca

Jorge Castro

TEMA 1: Planejamento 3D na reconstrução cirúrgica em neoplasmas em face de cães e gatos TEMA 2: Linfadenectomia no tratamento do câncer é preciso realizar? TEMA 3: Abordagem cirúrgica e suas complicações são desafios nas neoplasias hepáticas em cães. – Sala Jatiúca

Renata Sobral

TEMA 1: Desmistificando o câncer – como falar sobre o câncer com os nossos clientes TEMA 2: Abordagem diagnóstica e terapêutica em tumores mamários em gatas – Sala Jatiúca

Mônica Vicky

TEMA: Neoplasias Vertebromedulares em cães e gatos – Sala Ponta Verde

Fausto Brandão

TEMA: Abordagem e tratamento endoluminal avançado de carcinoma transicional canino. – Sala Pajuçara

Jesús Paredes

TEMA: Neoplasias de la pared torácica. – Auditório Virgínio Loureiro

Orotpedia

Um dos destaques do nosso congresso são os avanços na área de ortopedia animal, uma importante vertente na saúde dos nossos pacientes, pois impacta completamente a qualidade e longevidade da vida pet.

Quando se fala em tendências para a área veterinária, algo que está revolucionando o setor são os implantes anatomicamente adaptáveis que, diferente dos já existentes, podem ser usados em partes específicas do osso, se adaptando a anatomia do animal tratado.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

TEMA 1: Como melhorar meus resultados no manejo das complicações do tratamento das fraturas em pequenos animais? TEMA 2: Pontos-chave no manejo das fraturas expostas em pequenos animais – Auditório Virgínio Loureiro

Rodrigo Luis

TEMA 1: Do jovem ao idoso – como detectar e tratar a DAD? TEMA 2: Atualização no tratamento da correção do arrasamento tróclea femoral – Sala Seriguela

Denis Prata

TEMA 1: Gatos não são cães pequenos, manejo ortopédico em gatos TEMA 2: Porque a TPLO é o tratamento ouro para insuficiência do ligamento cruzado cranial! – Sala Ipioca

Marcelo Alievi

TEMA 1: Tratamento de fraturas em aves. TEMA 2: Casos ortopédicos em animais silvestres. – Sala Pitanga

Roberto Fecchio

TEMA 1: Prótese 3D em medicina veterinária.? TEMA 2: Ortopedia de casco em Jabuti. – Sala Pitanga

Richard Filgueira

TEMA: Como abordar a enfermidade do disco intervertebral? Diferenças entre aguda e crônica – Sala Ponta Verde

Ronaldo Casimiro

TEMA: Novidades no diagnóstico e tratamento da doença do disco intervertebral? – Teatro Gustavo Leite

Otávio Pedro

TEMA: Erros e acertos na abordagem do paciente com protrusão/ extrusão do disco intervertebral. – Sala Ponta Verde

Mônica Vicky

TEMA: Neoplasias Vertebromedulares em cães e gatos – Sala Ponta Verde

Marcello Roza

TEMA: Manejo das fraturas de mandíbula – Sala Tamarindo

Salvador Urtado

TEMA: Doenças ortopédicas de felinos – Sala Seriguela

Patologia Clínica

O diagnóstico e as doenças em animais inferem em riscos para os humanos manusearem ou consumirem animais de rebanho, animais de jardim zoológico e da vida selvagem, veterinários patologistas também têm um papel importante na descoberta de drogas e segurança, bem como a investigação científica, geralmente são os primeiros a reconhecer uma nova doença.

Mitika Hagiwara

TEMA 1: Trombocitopenia, erliquiose e doxiciclina. O trio que não sai da cabeça. TEMA 2: Porque a prevalência da leucemia viral felina permanece alta no Brasil? – Sala Umbu

Antônio Albernaz

TEMAS 1: A definir Sala Ponta Verde TEMA2: A definir – Sala Umbu
TEMA: Discussão de casos sobre derrames cavitários. – Sala Umbu

Ludmila Moroz

TEMA: Interpretação de gasometria. Quando transfundir? Existe um melhor momento?- Sala Siriguela

Márcia Notomi

TEMA: É possível melhorar a qualidade da bolsa de sangue? – Sala Siriguela

Reprodução

Aprenda na pratica as técnicas que fazem a diferença no melhoramento reprodutivo, evitando a transmissão de doenças, o risco de acidentes e trauma para os cães.

A seguir constam as palestras da área e outros temas correlacionados.

Kellen Oliveira

TEMA 1: A próstata canina: o que há de novo no tratamento medicamentoso. TEMA 2: Utilização da dosagem de progesterona na determinação do momento ótimo do acasalamento natural ou artificial. – Sala Tamarindo

Andrigo Nardi

TEMA: Tumor de mamas em cadelas e gatas: como melhorar o prognóstico dos nossos pacientes?? – Sala Jatiúca

Renata Sobral

TEMA: Abordagem diagnóstica e terapêutica em tumores mamários em gatas. – Sala Jatiúca

Franz Yoshitoshi

Possui graduação pela Faculdade de Med. Veterinária- campus Araçatuba pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP-1996) e mestrado em Cirurgia, cujo tema de pesquisa foi a avaliação de afecções nasais no cão, pelo Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina Veterinária pela Universidade de São Paulo (USP-2003). Realizou um curso de Aprimoramento Técnico Individual em Endoscopia, pelo Yamaguchi University, Japão, durante os anos de 1998 e 1999, sendo órgão financiador a JICA (Japan International Cooperation Agency). Atualmente trabalha nos principais centros veterinários de diagnóstico e especialização de São Paulo, como o PROVET, DIAGNOSTIC, SCAN (campinas), ZOOLAB. Atua também no Hospital Santa Inês, Hospital Koala, Instituto Bakery, Hospital PRONTCAO e Stillo Animal. É instrutor no Centro de Pesquisa do Hospital Albert Eistein. Foi Diretor Científico da Anclivepa-SP (Associação Nacional de Pequenos Animais – São Paulo) e é Diretor de Marketing e Comunicação desta mesma associação. Fez parte do colegiado do Comitê de Ética do PROVET. Associado do Colégio de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária e entidades como a ABJICA (Associação de ex-bolsistas da JICA) e SBPN (Sociedade Brasileira de Pesquisadores Nikkeis). Tem experiência em Medicina Veterinária, com ênfase em Clínica Cirúrgica Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: cirurgia de tecidos moles, cirurgia torácica, anestesia, emergência, endoscopia, colonoscopia, rinoscopia, traqueoscopia,vídeo-otoscopia, cistoscopia, laparoscopia e toracoscopia. É professor convidado de cursos de pós graduação latu sensu e strictu sensu em universidades particulares e pública (FMVZ-USP). Atua como consultor científico da Revista Clínica Veterinária. Foi consultor e perito internacional, atuando em cursos realizados pelo Instituto Butantã e a Fiocruz/Ministério da Saúde, em programas TCTP (Third Country Technical Program). Em 2008-2009, fez parte de uma missão internacional envolvendo o Governo Japonês através da JICA, e o Ministério das Relações Exteriores do Brasil , através da Agência Brasileira de Cooperação, no continente africano, em Angola, com a responsabilidade de coordenadenar seminários em adminsitração hospitalar, enfermagem, imaginologia, microbiologia, laboratório de análises clínicas e manutenção de equipamentos médico-hospitalares no Hospital Josina Machel, o maior e mais importante hospital público da Angola. Este programa foi tão bem aceito pelo Ministério da Saúde da Angola que posteriomente foi expandido a outros Centros de Saúde.

Archivaldo Reche

Possui graduação em Clínica Cirúrgica Veterinária pela Universidade de São Paulo (1987), mestrado em Clínica Veterinária pela Universidade de São Paulo (1993) e doutorado em Clínica Veterinária pela Universidade de São Paulo (1998). Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Clínica de felinos, atuando principalmente nos seguintes temas: retroviroses, doenças do trato urinário inferior dos felinos.

Adriana Teixeira

Médica Veterinária graduada pela UFRRJ em 1997, com Residência em Clínica médica em 2000 e Mestrado em Cirurgia em 2003 pela USP; MBA em Marketing pela FIA em 2010.Atua profissionalmente nas áreas de Oftalmologia e Marketing, ocupando os seguintes cargos:Chefe do Serviço de Oftalmologia do PROVET desde 2004; Coordenadora do Curso de Especialização em Oftalmologia da ANCLIVEPA-SP desde 2006; Consultora de relacionamento do Grupo Gioso de Gestão em Marketing desde 2011; Sócia-fundadora e diretora científica do Grupo de Ensino em Oftalmologia (GENOV) desde 2014.

Lucas Navajas

Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade de São Paulo, em 1998. Pós-graduado em Cardiologia Veterinária pela ANCLIVEPA-SP em 2014 e em Docência para o Ensino Superior pela UNIP em 2020. Professor de Clínica Médica de Pequeno Animais na UNIP Campinas desde 2018. Sócio-proprietário da Climev Especialidades Veterinárias, prestando atendimento em cardiologia veterinária.

Andre Lacerda

Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense (1988). Mestrado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1997) e Doutorado em Medicina (Cirurgia Geral) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Professor Associado da Universidade Estadual do Norte Fluminense. Presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária (CBCAV) nas gestões 2009-2010 e 2011-2012, Diretor Científico do CBCAV Gestão 2013-2014 e Secretário Geral da Gestão 2015-2016. Sócio Fundador e Presidente da Associação Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Veterinária no período de 2008/2010.

Marcia Jericó

Médica veterinária, graduada pela Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de São Paulo (USP). Mestrado em Fisiologia pelo Instituto de Ciências Biomédicas da USP. Doutorado em Clínica Médica pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP. Professora doutora da disciplina de Clínica Médica de Pequenos Animais da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Anhembi Morumbi. Sócia-proprietária e responsável pelo serviço de Endocrinologia dos Consultórios Veterinários Alto da Lapa (São Paulo/SP). Sócia Fundadora e membro da Comissão Científica da Associação Brasileira de Endocrinologia Veterinária (ABEV). Co-editora do “Tratado de Medicina Interna de Cães e Gatos”, Editora GEN Roca, 2015.

Rodrigo Rabelo

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais, Mestrado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais e Doutorado com Honra em Ciências Veterinárias pela Facultad de Veterinaria de la Universidad Complutense de Madrid. Autor de vários capítulos de livros e artigos em Medicina Intensiva. Atualmente: Gerente do Depto de Pacientes Graves do Intensivet Núcleo de Medicina Veterinária Avançada.

Alexandre Daniel

Graduação, residência (clínica médica e cirúrgica de pequenos animais) e mestrado (clínica veterinária) pela FMVZ-USP Diplomado pelo ABVP (EUA) com o título Americano de especialista em medicina felina Membro do conselho consultivo do programa “Cat Friendly Practice” da Associação Americana de Veterinários de Felinos (AAFP) Proprietário da Gattos – clínica especializada em medicina felina, em São Paulo Coordenador dos tópicos em medicina felina, em São Paulo

Fernando Wiecheteck

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Paraná, mestrado em Cirurgia Veterinária, pela Universidade de Franca e doutorado em Cirurgia Veterinária pela Universidade Federal de Santa Maria. Atualmente é professor das disciplinas de Técnica Cirúrgica Veterinária e Clínica/Patologia Cirúrgica Veterinária pela Universidade Federal de Alagoas. Tem experiência na área de Cirurgia Veterinária, com ênfase em Patologia e Clínica Cirúrgica e Técnica Cirúrgica Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: cirurgia laparoscópica, cirurgia toracoscópica, cirurgia experimental e cirurgia convencional em diferentes especialidades.

Jussara

Diplomada como Especialista em Cirurgia de Pequenos Animais pelo Colégio Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária – CBCAV (2015). Graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Presidente Antônio Carlos – UNIPAC – Juiz de Fora (2008). Mestrado em Ciência Animal pela Universidade Estadual Norte Fluminense Darcy Ribeiro – UENF (2013). Doutorado em Ciência Animal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), com ênfase em Cirurgia de Pequenos Animais e Microcirurgia (2018). Secretária Geral do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária – CBCAV (Gestão 2017-2018). Pós-Doutorado em Cirurgia de Pequenos Animais – Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal – Universidade Estadual Norte Fluminense Darcy Ribeiro – UENF (2018). Professora de Cirurgia de Pequenos Animais no Instituto Qualittas de Pós-Graduação. Atuação na área de Microcirurgia, Cirurgia Oncológica e Cirurgia Tóraco-abdominal.

Carol Haddad

Graduada pela Faculdade de Medicina Veterinária da UNIMES (Universidade Metropolitana de Santos – 2003). Especialização em Acupuntura Veterinária Teórico e Prático (2006) – UNESP (Universidade Estadual de São Paulo – Botucatu). Curso de Atualização Teórico em Fitoterapia Chinesa (2005) – FACIS – IBEHE (Faculdade de Ciência e Saúde – São Paulo). Curso de Atualização em Neurologia Veterinária (2014) – Instituto Bioethicus (Botucatu). Curso de Atualização em Dietoterapia Chinesa (2010) – Qi Institute – Florida – Estados Unidos da América. Curso de Atualização em Medicina Nutracêutica Veterinária (2012) Instituto Bioethicus (Botucatu).&Curso de Especialização em Neurologia Veterinária (2016) – ANCLIVEPA – São Paulo.

Rafael Traldi

Médico Veterinário formado pela UMESP em 2010. Pós-Graduado em Administração Estratégica pela FIA-USP. Pós-Graduado em Acupuntura Veterinária pelo Instituto Bioethicus. Formação em Fitoterapia Chinesa e Neurologia Veterinária pelo Instituto Bioethicus. Instrutor dos Cursos de Ozonioterapia, Termografia Veterinária e Ortobiológicos no Instituto Bioethicus. Mestre no programa de pós-graduação da FMVZ-UNESP em Biotecnologia Animal, na área de Moléstias infecciosas. Membro da diretoria da ABO3Vet (Associação Brasileira de Ozonioterapeutas Veterinários). Possui mais de 10 anos de experiência na área comercial e de marketing, ocupando cargos de gerência em Multinacionais como Merial e Royal Canin.Sócio fundador da Kahun Vet, Medicina Veterinária Integrativa, com cursos relacionados a Aromaterapia, Dietoterapia chinesa, Nutrologia e Nutracêutica.

Marcella Sanches

Graduada em Medicina Veterinária pela Faculdade de Veterinária e Zootecnia da Unesp-Botucatu. Mestrado em Ciências da Saúde pela UNIFESP – laserterapia em osteoartrite. Pós-graduação em Acupuntura Veterinária pelo Instituto Bioethicus. Certificação Internacional em Reabilitação Física – Certified Canine Rehabilitation Practitioner (CCRP) pela Universidade do Tennessee. Proprietária e responsável pela Reabilita Animal, centro de Reabilitação Veterinária e Acupuntura em Santos-SP.

Cibele Figueira

Possui mestrado, doutorado e pós-doutorado na área. Autora de 2 livros e diversos artigos científicos. Atuou como professora a nível de graduação durante 20 anos e em pós-graduação há 10 anos. Atualmente é empresária, responsável pela diretoria científica e executiva da NAUS – Núcleo de Aperfeiçoamento em Ultrassonografia Veterinária.

Alex Adeodato

Graduado em Medicina Veterinária pela UFRRJ (1996), com mestrado em Medicina Veterinária pela UFRRJ (2000) e doutorado em Medicina (Neurologia) pela UNIFESP/EPM (2006). MBA em Gestão empresarial pelo Ibmec RJ (2010).

João Pigatto

Professor Associado IV da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Graduação em Medicina Veterinária pela UFSM, Mestrado em Cirurgia Veterinária pela UFSM e Doutorado na área de Oftalmologia Veterinária pela FMVZ da USP. Chefe do Serviço de Oftalmologia Veterinária da UFRGS. Diplomado pelo Colégio Brasileiro de Oftalmologia Veterinária. Autor de publicações nacionais e internacionais. Orientador de mestrado e de doutorado na Faculdade de Veterinária da UFRGS.

Kellen Oliveira

Graduação e Mestrado pela Escola de Veterinária (EV) da Universidade Federal de Goiás (UFG).Doutorado e Pós-doutorado pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV) da UNESP- Campus Jaboticabal.Estágio doutorado-sanduíche em Reprodução de Cães e Gatos na Universidad Complutense de Madrid (UCM – Madrid, Espanha) e Cornell University em Ithaca-NY.Docente da Escola de Veterinária e Zootecnia (EVZ) da UFG e coordenadora das disciplinas de Criação de Animais de Companhia, Comportamento de Cães e Gatos e Nutrição de Cães e Gatos.Coordenadora do projeto A/TAA em hospitais na cidade de Goiânia-GO. Membro efetivo da Câmara Setorial PET – MAPA.Autora do livro online:Manual de Boas Práticas na Criação de Animais de Estimação:Cães e Gatos.

Giovana Anderlini

Graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1997), Pós-graduação Lato Sensu em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais pela Universidade Federal de Viçosa em Minas Gerais (1999). Mestrado em Biociência Animal pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2014). Desde 2003 faz parte do corpo docente no Curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Cesmac nas disciplinas de Clínica Médica de Caninos e Felinos, Ginecologia e Obstetrícia Veterinária e Análises Clínicas em Veterinária. Gestora, Clínica Geral e Cirurgiã na Clínica Pedigree Veterinária em Maceió, Alagoas desde 2000. Pesquisadora científica nas áreas da Medicina Felina, Cirurgia Geral, Obstetrícia e Neonatologia de Cães e Gatos.

Carlos Mucha

Médico Veterinário formado na UNLP Buenos Aires – Argentina.MSc em Clínica Médica UNESP-Jaboticabal.MSc en Clínica y Terapéutica ULPGC, Gran Canária – España.Autor de numerosos livros em Cardiologia Veterinária.Mais de 400 palestras em Latino-america.Prática Privada em Cardiologia.

Fausto Brandão

Médico Veterinário graduado pela Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa, Mestrado em Cirurgia Laser pela Faculdade de Medicina Veterinária da ULHT, Certificado de Especialista em Endoscopia e Cirurgia de Mínima Invasão Veterinária pela Universidade da Extremadura, Cáceres, Espanha e pelo CCMI-JU Centro de Cirurgia de Mínima Invasión Jesus Usón, Cáceres, Espanha; Doutorando da Universidade da Extremadura, Cáceres, Espanha em Mínima Invasão Veterinária. Diretor de Serviço de Endoscopia e Cirurgia de Mínima Invasão na Faculdade de Medicina Veterinária da ULHT em Lisboa, 2009-2013. Membro colaborador e fundador do projeto VetDiálise, Lisboa/Portugal. Autor do protocolo de Diálise Peritoneal em Animais de Companhia, recentemente incorporado em livro de referência na área de Nefrologia. Autor de vários artigos e publicações. Instrutor, consultor e palestrante internacional.

Paulo Renato

Graduação em Medicina Veterinária – Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, 1993.Residência em Clínica Médica de cães e gatos – Unesp Botucatu,1995.Mestrado em Medicina Veterinária – Universidade Federal de Viçosa – UFV, 1999.Doutorado em Ciência Animal – Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, 2006.Professor associado de Clínica Médica de cães e gatos na UFV – MG desde 1997.

Nuno Paixão

Médico Veterinário formado pela UTAD em Portugal. Residência em Emergência e Cuidados Intensivos no OVC, Canadá. Diretor Clínico do Hospital VetCentral – VECC, em Portugal. Diretor técnico e científico da K9 Force – Unidade Especial. Palestrante residente do IVECCS e elemento do Staff de práticas e laboratórios. Investigador em estudos de medicina e cirurgia de urgência, nutrição e monitorização em cuidados intensivos, segurança, terrorismo e contraterrorismo.

Heloisa Justen

Professora e Orientadora do Curso da Pós-graduação em Medicina Veterinária – Patologia e Ciências Clínicas da UFRRJ. Responsável pelo Setor Exclusivo de Atendimentos de Gatos Domésticos do Hospital Veterinário da UFRRJ. Tutora dos Residentes de Clínica Cirúrgica e Medicina Felina do Hospital Veterinário da UFRRJ

Geová Amorim

Doutor em Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento pela Universidade Federal de Pernambuco-UFPE.Mestrado em Distúrbios da Comunicação pela Universidade Federal de São Paulo-UNIFESP.Especialização em voz pela Universidade Federal de Pernambuco -UFPE. Docente da Universidade Federal de Alagoas – UFAL. Assessoria e consultoria em voz e comunicação.

Sérgio Lobato

Médico Veterinário formado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Pós graduado em Marketing e Estratégia pela Universidade Estácio de Sá. Colunista em Revista e Blogs no Brasil, Portugal, México, Argentina, Uruguai e Colômbia. Palestrante Nacional e Internacional em Gestão da Inovação em Medicina Veterinária. Autor do Manual de Responsabilidade Técnica para Clínicas e Petshops. Docente em Cursos de Pós Graduação e Extensão em Gestão de Estabelecimentos Veterinários no Brasil e Colômbia. Consultor atuando em toda a cadeia produtiva pet e veterinária no Brasil e Exterior.

Suelena Morais

Graduada em Arquitetura, com pós-graduação em Arquitetura Aplicada à Saúde e em Ciência do Comportamento. Graduanda de Psicologia, para entender melhor a mente humana. Apaixonada por Pets e gateira de coração! É especializada em marketing e em decoração de interiores. Desenvolve projetos arquitetônicos à distância para consultórios, clínicas, farmácias, laboratórios e hospitais. Presta consultoria para profissionais de saúde na otimização e na humanização do espaço físico de seus consultórios ou clínicas. Ministra palestras sobre o tema para profissionais de saúde em todo o Brasil.

Ernesto Bruzzone

Médico Veterinário pela U.N.L.P, com prática veterinária profissional desde 1984. Especialista em Diagnóstico Radiológico – Associação de Ultrassonografia Veterinária pelo C.E.M.V Dra. Zanzotera (1995/1996); Especialista em Endoscopia Endoluminal e Cirurgia Laparoscópica pelo C.C.M.I Cáceres Extremadura-Espanha (1998/1999); Especialista em Endoscopia Articular, Artroscopia Diagnóstica e Terapêutica pela U.A.B. Barcelona-Espanha (2008); Diretor do Serviço de Endoscopia do Instituto de Gastroenterología, Videoendoscopía y Nutricíon Veterinaria Dr. Bruzzone; Professor de Cursos em Diagnóstico Endoluminal e Laparoscopia Diagnóstica, desde 2005; Professor do Curso de Especialização em pequenos animais na Faculdade de Ciências Veterinárias de Buenos Aires (UBA), Universidade Católica de Córdoba, Salta, Tandil e Corrientes; Presidente da AVEACA – Associação de Veterinários Especialistas em animais de estimação da Argentina, até abril de 2010;

Ricardo Vilani

Médico Veterinário pela UFPR.Mestre em Ciências Veterinárias pela UFPR.Doutor em Ciências da Saúde pela PUCPR.Professor Associado de Anestesiologia Veterinária da UFPR. Coordenador do Laboratório de Anestesia e Analgesia Veterinária da UFPR.

Sérgio Daltro

Graduado em Medicina Veterinária pela Escola de Medicina Veterinária da Universidade Federal da Bahia (1992). Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em clínica Médica e cirurgia em cães e gatos, atuando principalmente nas áreas de Dermatologia de pequenos animais e Medicina de felinos domésticos. Mestrado em Imunologia pelo PPGIm (Programa de Pós Graduação em Imunologia) do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Bahia.

Eduardo Achôa

Engenheiro associado a WCF planejamento. Planejador Financeiro pessoal e patrimonial desde 1996. Palestrante e professor de finanças pessoais e investimentos. Coaching financeiro com reconhecimentos

Marconi Farias

Atualmente é Professor Adj. III de Clínica Médica de Animais de Companhia e Imunologia Clínica Veterinária, e do Programa de Pós Graduação em Ciência Animal da PUCPR.

Luciano Marra

Graduado na Universidade Federal de Goiás em 1995. Professor substituto de anatomia patológica de 1995-1996. Médico Veterinário do Hospital Veterinário da Universidade Federal de Goiás desde 1996. Professor das Faculdade Objetivo de 2000 a 2011 de Histologia , Patologia Geral e Clínica de Pequenos Animais. Especialização em clínica e cirurgia de pequenos animais em 2001 pela Universidade de São Jose dos Pinhais. Mestre em ciência animal – atuando na área de Biologia Molecular PCR. Professor de cursos de pós graduação desde 2010 na área de dermatologia. Professor da Dermatovet Cursos. Médico Veterinário responsável pelo serviço de dermatologia da Clínica We Pet.

Anaemilia Diniz

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural do Semi Árido. Mestre em Ciência Animal pela Universidade Federal do Piauí. Aperfeiçoamento em Cardiologia Veterinária pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho – UNESP Jaboticabal. Doutora em Ciência Animal pela Universidade Federal do Piauí, atuando nas áreas de Anatomia, Fisiologia e Imaginologia Veterinária com ênfase em anatomia por imagem e cardiologia veterinária. Tem formação em Coach Criacional Avançada pelo Instituto Geronimo Theml de Coaching e Desenvolvimento Humano. Especialização em Coaching Financeiro pelo Instituto Soaper. É criadora da disciplina de coaching na graduação e pós graduação. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de Alagoas ministrando as disciplinas de fisiologia veterinária, diagnóstico por imagem, tópicos integradores em Medicina Veterinária (coaching para graduação) e Coaching aplicado ao desenvolvimento profissional para o programa de pós-graduação em Medicina Veterinária.

Guilherme Monteiro

Graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense (1992). Pós-graduação em cirurgia e anestesiologia veterinária pela Faculdade de Medicina Veterinária de Valença (2007). Mestrado em sanidade animal com ênfase em anestesiologia veterinária pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2013). Doutorando em Ciência Animal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Diretor clínico do Hospital Veterinário Canne & Gatto (Rio d